Yeda Crusius alerta sobre a crise de valores e suas conseqüências

Congresso do PSDB Mulher, no hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre | Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Ao discursar no seminário, em Porto Alegre (RS), que tem o apoio do PSDB Mulher, Fundação Konrad Adenauer (KAS Brasil) e Instituto Teotônio Vilela (ITV), a presidente nacional do PSDB Mulher, deputada Yeda Crusius (PSDB-RS), alertou as presentes sobre a crise de valores e suas conseqüências nas eleições de outubro.

“O novo só acontece quando começamos a discutir os valores do partido político”, afirmou Yeda Crusius para uma platéia de mais de cem mulheres. “O centro está vazio. Temos uma dicotomia de poder e só podemos ocupar esse estado quando nos unirmos. É dos nossos valores que uma eleição seja justa e verdadeira. O PSDB precisa resgatar seus valores justos e verdadeiros”, destacou ela, sendo aplaudida.

Para a tucana, a imprensa está atenta aos movimentos do PSDB. “O alvo da imprensa é o PSDB, que quando perdeu o poder maior, deveria ter dado um passo atrás e parar de querer o poder maior a qualquer preço e, sim, participar da transformação do país”, disse.

História

Yeda Crusius lembrou que em 1988, antes da Constituinte, havia um clima político semelhante ao que ocorre atualmente, porém sem o advento da internet, poderosa ferramenta de comunicação.

“Havia uma crise política e de valores. Hoje há a internet, em que tudo parece ser possível e nada é privado. Além do mais a crise de hoje tem o ingrediente moral, que a de 1988 não tinha”, observou a deputada federal.

Em seguida, a tucana reiterou que: “Defendemos arduamente a sociedade de direito, o PSDB nasceu desse momento”. Ela voltou a defender a importância das reformas em curso no Congresso – Tributária, Previdência e Política.

Fonte: Assessoria do PSDB-Mulher Nacional
Data: 15/03/2018

Deixe um Comentário