PSDB-Mulher comemora lançamento de E-book e sucesso da Plataforma Digital 2020 em encontro virtual

O Secretariado Nacional da Mulher/PSDB comemorou, durante uma live nesta quinta-feira (10/12), realizada em seu canal do YouTube, o sucesso da Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020, ferramenta tecnológica que promoveu a capacitação política de mais de três mil candidatas para as eleições municipais deste ano. O encontro virtual marcou o lançamento do E-book “Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020: Bastidores de um Projeto Inovador”, que conta a história da iniciativa idealizada pela presidente do Secretariado Nacional, Yeda Crusius.

“Hoje é um dia muito importante para nós, não apenas do Secretariado da Mulher, mas de um conjunto de parceiros que levou junto conosco um ano muito diferente, muito difícil, extremamente emotivo e virtual”, destacou a presidente nacional do PSDB-Mulher.

“Juntos nós buscamos fazer com que o máximo de mulheres, em número e qualificação, pudessem participar dessa campanha eleitoral”, afirmou. “Nós sabíamos que queríamos fazer o melhor material para as nossas mulheres candidatas, dar acesso, através de uma plataforma, ao maior número de mulheres em qualquer canto do Brasil”, acrescentou Yeda.

O E-book, que já está disponível para download no site do PSDB-Mulher (clique aqui para acessar), revela que a Plataforma Digital é fruto de um trabalho que já vinha idealizando produtos de capacitação e valorização das mulheres na política desde 2019. É onde entram em cena Wagner de Leo Paez e Paulo Viana, profissionais responsáveis por desenvolver a plataforma e os cursos online EAD.

“Em um período de dois meses a gente conseguiu construir toda uma plataforma, criar um EAD com muitos profissionais envolvidos, bastante vídeo, muitas horas de gravação, edição e material de comunicação. Foi um sucesso. Conseguimos chegar em três, quatro mil mulheres ao longo desse período”, contou Paez.

Durante a live, Paulo Viana destacou ainda como as dificuldades impostas a essa campanha eleitoral pela pandemia do coronavírus acabaram servindo como um incentivo para a elaboração de uma ferramenta eficiente que alcançou mulheres no Brasil inteiro.

“O distanciamento social mudou completamente o jogo, principalmente para nós que trabalhamos com comunicação política”, avaliou. “Do mesmo modo que a gente conseguiu capacitar as candidatas, de uma certa maneira a gente se capacitou também. Como é que nós iríamos capacitar vereadoras e prefeitas no Brasil inteiro se não fosse a tecnologia? Foi a oportunidade de criarmos uma ferramenta de comunicação com a qual também aprendemos muito”, acrescentou.

A jornalista responsável pelo conteúdo, editoração do E-book, Izys Moreira, destacou que o E-book resgatou momentos marcantes do PSDB-Mulher Nacional nas duas últimas eleições e reiterou o fortalecimento do secretariado.

“A gente conseguiu juntar nesse e-book uma série de conteúdos vivenciados pelo Secretariado durante duas eleições, que foram as majoritárias de 2018 e as municipais de 2020. O e-book fala muito da plataforma, conta em peculiaridades cada uma das masterclass, cada um dos profissionais, tudo que vivenciamos nesses dois meses intensos, os bastidores de tudo e o segredo do sucesso do PSDB-Mulher”. E completou: “A gente sabe que grande parte desse sucesso é o apoio partidário que o Secretariado oferece a todas as mulheres tucanas, o combate às laranjas, a mobilização das lideranças em cada estado e região, e a capacitação, especialmente política”.

Recursos e Prestação de Contas

Outro braço importante dessa campanha eleitoral foi o auxílio oferecido às candidatas do partido na prestação de contas, assessoria jurídica e distribuição de recursos. Por meio da Plataforma, o Secretariado também ofereceu às pré-candidatas que se cadastraram um Kit Candidata que incluía edição de vídeos e fotos, e material gráfico virtual personalizado para impressão e uso nas redes sociais.

Guilherme Sturm, da Essent Jus, empresa responsável pela contabilidade de boa parte das candidatas do PSDB-Mulher, destacou a grande estrutura que foi montada para atender cerca de 1.100 tucanas, seja com assessoria ou contabilidade direta.

“Com as mulheres do PSDB nós envolvemos quase 300 equipes em todos os estados, em praticamente todas as regiões do Brasil, para estarmos o mais próximo possível, dentro das limitações desse ano, com questões de pandemia”, relatou.

A assessora jurídica do Secretariado Nacional, Luciana Loureiro, ressaltou durante o encontro virtual que a tecnologia também foi uma grande aliada na distribuição do Fundo Especial de Financiamento da Campanha Eleitoral (FEFC) às candidatas tucanas. Todo o processo foi feito por meio de um aplicativo de celular.

“É uma engrenagem que se encaixou muito bem com a plataforma. A nossa plataforma fez o PSDB-Mulher e o PSDB chegarem a cidades e mulheres que, talvez se a gente não estivesse nessa pandemia, não teríamos conseguido chegar”, lembrou. “O recurso do FEFC foi uma novidade nessas eleições de 2020. Já aconteceu essa distribuição nas eleições de 2018, mas em uma eleição municipal não. E veja que os números de candidatas são extremos. Nós trabalhamos, em 2018, com um universo de 350 mulheres no início, e hoje a gente começou com um número de mais de 10.500 mulheres, com mais de três mil mulheres acessando a plataforma. Os números são muito maiores. A gente tentou da melhor maneira alcançar a todas”, pontuou ela.

PSDB-Mulher mais forte

Participou também da live a assessora executiva do Secretariado Nacional da Mulher/PSDB e presidente de honra do PSDB-Mulher do Rio Grande do Sul, Angela Sarquiz.

Para Angela, a herança mais importante deixada pela campanha eleitoral de 2020 e a Plataforma Digital é o fortalecimento do PSDB-Mulher e a interação entre mulheres de todo o Brasil que foi facilitada pela tecnologia.

“Estamos na frente, o PSDB evoluiu. Nós estamos com o maior número de população, vamos administrar maiores cidades. Isso se deve também a cada uma das candidatas. Independentemente do resultado nas urnas, e individuais de cada uma, acho que todas foram vencedoras. Foi um aprendizado para elas, e também para nós do PSDB”, salientou. “Um PSDB-Mulher forte é um PSDB melhor”, completou a tucana.

Apoio às candidaturas femininas

A coordenadora de Comunicação do PSDB-Mulher Nacional, Shirley Loiola, destacou a importância do apoio oferecido às candidatas nestas eleições com a doação do Kit Candidata, que incluía a assessoria contábil (prestação de contas), assessoria consultiva jurídica, assessoria partidária, além do material para campanha online e offline. Ela ainda detalhou os bastidores do atendimento realizado pela equipe a mais de mil mulheres.

“O saldo foi positivo, mesmo com todas as barreiras de conhecimento e envolvimento com a tecnologia. O mais importante é que conseguimos atender a mulheres de todo o país. Alcançamos mulheres nas grandes capitais, mas também em municípios muito pequenos, em que a candidata relatava que ia para as ruas apenas com caneta para anotar o seu número nas mãos dos eleitores. Existem realidades muito distintas no nosso país, e com o nosso trabalho conseguimos reduzir essa diferença e dar oportunidade a essas candidatas, principalmente dos municípios pequenos, de competirem de igual para igual e mostrar que estão mesmo envolvidas nessa luta por mais mulheres na política”, avaliou.

Fonte: Do site do PSDB-Mulher Nacional
Data da Notícia: 11/12/2020

2021-01-03T18:36:48-02:00 11 de dezembro de 2020|Tags: , , , |

Deixe um Comentário