Para Yeda Crusius, a recuperação da economia depende da reforma tributária

Crédito da foto: Alexssandro Loyola

“A recuperação da economia brasileira depende desta reforma, é um caminho inevitável”, afirma a deputada federal Yeda Crusius (PSDB/RS), que esteve presidindo a Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara, durante o debate sobre a Reforma Tributária, na tarde desta terça-feira (15).

Crédito da foto: Alexssandro Loyola

O relator da Comissão Especial para análise, estudo e formulação de proposições relacionadas à Reforma Tributária (CETRIBUT), deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), apresentou os principais pontos da proposta durante audiência pública na CFT. De acordo com o parlamentar, a reforma visa simplificar, desburocratizar e tornar mais justo o sistema tributário brasileiro, acabando com os principais males atuais, como regressividade (os mais pobres têm uma carga superior aos mais ricos), complexidade, burocracia e excesso de renúncias fiscais.

Durante o debate na CFT, Yeda Crusius demonstrou o seu total apoio a reforma, destacando através de um questionamento a sua preocupação em relação aos benefícios que algumas mudanças legislativas poderão gerar aos consumidores.

“Nós sabemos que a Receita é o que é por que tem os melhores sistemas de computação, aferição, auditoria de, quem sabe, todo o sistema governamental. A sua proposta, eu creio, na parte mais rica que ela tem, é que, uma vez coloca essa nova tecnologia a serviço da população consumidora – a exemplo de uma nota fiscal eletrônica –, beneficia imediatamente o consumidor. Esses sistemas tecnológicos vêm sendo trabalhados há décadas na Receita Federal garantindo a receita, mas não garante os serviços que o governo arrecadador é capaz de fazer em prol da população”, afirma Yeda Crusius.

Texto: Por Izys Moreira – Ascom YC
Data da Notícia: 15/08/17

Deixe um Comentário