Índices de criminalidade indicam barbárie na segurança pública, alerta Yeda

Foto: Alexssandro Loyola

Combate à violência

Em discurso nesta quarta-feira (15), a deputada Yeda Crusius (RS) destacou que o problema da segurança pública está presente no cotidiano de todo brasileiro, inclusive no estado da tucana, o Rio Grande do Sul. Em pleno mês da mulher, os indicadores de criminalidade e de violência. “É um retrocesso, é uma barbárie o que nós estamos vendo em relação à segurança pública”, lamentou.

No quarto mandato parlamentar, a tucana afirma que teve a oportunidade de aplicar seus conhecimentos como legisladora e economista. Como governadora do RS, a tucana implantou o Programa de Prevenção da Violência. O resultado foi a redução no número de homicídios.

“O programa possibilitou selecionar, a partir do mapa da violência, os 50 bairros mais violentos do Rio Grande do Sul e fazer investimentos na área de segurança”, explicou. Segundo Yeda, foi realizada a inserção de jovens de bairros pobres em políticas sociais e todos aqueles que quiseram puderam participar da iniciativa.

Na avaliação da deputada, quando se faz uma política descentralizada, o resultado aparece. O número de homicídios foi reduzido com políticas baseadas em um programa municipalizado de prevenção à violência. Yeda afirmou que pretende sugerir ao ministro da Justiça, Osmar Serraglio, que os municípios possam se associar a um programa no âmbito federal para melhorar o resultado.

Fonte: Do site do PSDB na Câmara
Data da Notícia: 15/03/17

Deixe um Comentário