Doria reafirmou lealdade ao PSDB, diz ex-governadora do RS

Crédito da foto: Ascom YC

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), reafirmou nesta segunda-feira (18) sua lealdade ao partido em evento em Porto Alegre. A afirmação foi feita pela ex-governadora do Rio Grande do Sul Yeda Crusius.

Doria foi um dos convidados do 1º Fórum de Gestão do Rio Grande do Sul, que aconteceu na Associação Leopoldina Juvenil. O evento foi organizado pelo Lide, grupo de lideranças empresariais fundado pelo prefeito. Ele foi homenageado por associações de empresários gaúchos. O prefeito por volta de 11h e se reuniu a portas fechadas com a cúpula do PSDB no Rio Grande do Sul e, depois, com empresários.

De acordo com ela, o evento serviu para o prefeito se apresentar aos correligionários, falar sobre o que tem feito na capital paulista e reafirmar lealdade à escolha de se filiar ao PSDB.

“Doria não negou a possibilidade [de ser candidato] e nem deve negar. O Brasil está precisando de pessoas que queiram se colocar para consertar o país. Como ele já tem alguma experiência nesse campo e faz de São Paulo um laboratório, não se colocou como ausente nem presente dessa possibilidade”, afirmou a ex-governadora, que disse ainda que ele seria um bom candidato à Presidência.

Crédito da foto: Rodrigo Wenzel

No evento, Doria minimizou as declarações do general Mourão, sobre a possibilidade de intervenção militar no Brasil.

“A interpretação foi muito superior às intenções do general Mourão. As Forças Armadas têm tido um comportamento muito adequado ao Brasil. Não há menor risco de intervenção, eu sinto que as Forças Armadas sabem qual é o seu papel, de defender as fronteiras e não ter nenhuma interferência na vida política do país. As instituições estão firmes, o Executivo, o Legislativo, o Judiciário, não há razão para uma preocupação desse tipo”, disse.

Ele afirmou na palestra e em entrevistas nesta segunda que não se apresentava como candidato, mas assumiu um discurso com foco nacional.

Em boa parte da sua fala, elogiou o Rio Grande do Sul e o que chamou de “bravura do povo gaúcho”, além de falar da importância do agronegócio para o país. Elogiou a política econômica do governo de Michel Temer e a atuação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Disse também que o Brasil está no caminho certo dos ajustes e que eles não serão fáceis.

Texto: Por Gabriel Galli
Fonte: Folha de São Paulo
Data da Notícia: 18/09/17

2017-09-25T15:03:05-03:00 18 de setembro de 2017|Tags: , , , , |

Deixe um Comentário