“As Potências do Norte”

Plataforma Digital do PSDB-Mulher 2020 promove encontro regional com as líderes tucanas do Norte

Aconteceu, na última quarta-feira (22/07) às 17h30, mais um dos grandes encontros regionais promovidos pela Plataforma Digital do PSDB-Mulher 2020. Agora, foi a vez de “As Potências do Norte”, mulheres tucanas que se destacam na região Norte compartilharem suas experiências e dicas úteis de como construir uma história política de sucesso. O debate foi mediado pela coordenadora do PSDB-Mulher na região Norte, Cecília Otto.

“Nós, mulheres da floresta e dos rios, somos fortes e potentes, uma potência política a ser colocada nessa nova pauta das Eleições 2020”, afirmou Cecília abrindo o evento. Também participaram a presidente Nacional do PSDB-Mulher, Yeda Crusius; a deputada federal pelo Acre, Mara Rocha; a deputada estadual por Amazonas, Therezinha Ruiz; e a pré-candidata à prefeitura de Abaetetuba/PA, Francineti Carvalho. Muitas outras pré-candidatas de várias regiões acompanharam a live, comentando ao vivo. Foram quase 300 visualizações.

Sobre o Encontro

“Desenhamos uma estratégia em 2018 de pleno sucesso. Nós gostaríamos que aquela experiência de 2018 se aprofundasse, por isso a Plataforma. Esta Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020 está oferecendo, em pré-campanha, tudo o que a pré-candidata precisa para chegar com confiança à campanha eleitoral que foi atrasada em 41 dias. É uma eleição diferente, para qual nenhum outro partido como o PSDB está preparado, por causa do PSDB-Mulher”, destacou a presidente Nacional do PSDB-Mulher, Yeda Crusius, sobre o canal democrático e interativo que proporcionou o Encontro na internet. “Ampliamos os espaços de participação nesta Plataforma para que cada região através as coordenadoras possam nos trazer o que precisa, para que possamos dar o que todas precisam: a rede de mulheres na política”.

A deputada federal pelo Acre, Mara Rocha, falou sobre a sua experiência no Acre. “Essa campanha vai ser extremamente diferente. A internet vai ser o meio que chegaremos ao nosso eleitorado. ‘Sola de sapato’ vai ficar um pouco de lado por conta de se evitar a aglomeração. É através do celular, redes sociais, e da plataforma do PSDB-Mulher que chegaremos ao nosso público. Utilizando todos os benefícios dessa Plataforma, cheia de bandeiras eleitorais, preparada com todo o carinho para vocês, é que vocês serão eleitas. Antes de defender qualquer bandeira, é preciso acreditar na vitória. E o Norte vai sair na frente”.

Por Mais Mulheres Na Política

Durante o evento, a coordenadora do Norte, Cecília Otto, destacou os números da participação feminina nas últimas eleições municipais. “Nas Eleições 2016, o Acre somente teve 54 candidatas a vereadoras e duas à prefeita. No Amazonas, tivemos 150 candidatas a vereadoras e sete candidatas à prefeita. Conseguimos eleger apenas uma. A grande meta é aumentar o número de candidatas, fazê-las ter consciência de que o processo é novo, mas precisam ser encorajadas para nascerem novas lideranças e fazer com que isso dê certo”.

A deputada estadual por Amazonas, Therezinha Ruiz destacou que em razão das mulheres serem a grande maioria da população brasileira, elas precisam participar mais da política. “Precisamos ficar juntas, motivando as mulheres. Sempre se ouve dizer que a política não é para mulher. É difícil quando não se tem apoio, mas a nossa sociedade precisa muito de nós. Nós temos uma característica própria que homem nenhum tem: o lado maternal, a sensibilidade, nós não cuidamos somente de nossa casa”, salientou.

Desafios e Expectativas

A pré-candidata à prefeitura de Abaetetuba/PA, Francineti Carvalho compartilhou sua experiência na região. “O Pará é um estado de dimensões continentais. Fui a primeira mulher eleita prefeita em Abaetetuba. Somos quase 160 mil habitantes. São mais de 100 anos de história da cidade. Foi um grande desafio. Enfrentei sol, chuva, maresia, porém nada me desestimulou. Tenho muita fé, a fé que move o povo amazônico, paraense. É possível construir sim um país mais justo, um estado do Pará com a cara da mulher”, relembrou.

Francineti destacou que, em sua gestão como prefeita, lutou por um financiamento diferenciado para o Pará, já que as características da região são bem diferentes do resto do país. “Abaetetuba tem três realidades: somos urbanos, com todos os problemas de uma grande cidade; somos rurais, temos dificuldades de chegar nas localidades; e somos ribeirinhos, temos 72 ilhas. Uma campanha nessa cidade é um desafio imenso.”

Se você perdeu o Encontro Regional, não tem problema! Assista a íntegra no site www.plataformapsdbmulher2020.com.br.

Fonte: Do Jornal da Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020
Data da Notícia: 22/07/2020

Deixe um Comentário