Greve dos Caminhoneiros

Desarranjos do governo Dilma precisarão de tempo para serem solucionados, alerta Yeda

Yeda afirma que o cálculo das perdas do desabastecimento provocado pela greve dos caminhoneiros vai além das dezenas de bilhões de reais. “Aulas interrompidas não têm preço, assim como em vários outros setores com seus serviços interrompidos. O mais sério é adiar o que não pode ser adiado: educação e saúde”, disse.