Separata: BRASIL 2018 – A vez da Prevenção à Violência e Prioridade da Segurança Pública

Separata: BRASIL 2018 – A vez da Prevenção à Violência e Prioridade da Segurança Pública

Texto Integral: Sistema Único de Segurança Pública (SUSP)

Desde o início de meu quarto mandato como deputada federal em 2017, tenho na prevenção e enfrentamento à violência uma de minhas prioridades, senão a maior delas. Por isso, em 2017 apresentei duas iniciativas: o Projeto de Lei (PL de n.º 9322/17) para instituir o Plano Nacional de Prevenção à Violência, e formei no Congresso a Frente Parlamentar Mista de Prevenção à Violência – FPMPV, já com uma audiência pública nacional e outras regionais realizadas em 2017.

Agora em 2018, a segurança pública está na pauta da prioridade nacional. A questão tem sido cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, Brasil afora, em cada cidade, em cada comunidade, falta a segurança pública. E isso não é diferente no meu Estado do Rio Grande do Sul. O que os indicadores de criminalidade e de violência têm refletido algo que não pertence ao mundo civilizado. É um retrocesso, é uma barbárie o que nós estamos vendo em relação à segurança pública e à banalização da violência.

Avançamos na legislação nacional e em políticas públicas, como a aprovação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e a intervenção federal no Rio de Janeiro. Porém, é sempre preciso fazer mais. O que de mais importante o município tem de mais urgente do que cuidar da sua segurança pública? Vamos ao debate e ao trabalho conjunto, em busca de soluções que ajudem o Governo Federal e toda a Federação a romper o ciclo vicioso que ameaça o futuro de todos nós.

* Por Yeda Crusius

Clique abaixo para folhear a revista digital e/ou faça o download da publicação. O arquivo pode demorar alguns segundos enquanto o PDF é carregado. Aguarde!

2018-05-31T08:45:09+00:00 31 de maio de 2018|

Deixe um Comentário