Secretário do Tesouro Nacional apresenta déficit do Governo Central na Comissão de Finanças da Câmara Federal

Nesta quarta-feira (16), o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Facundo de Almeida, apresentou para a deputada Yeda Crusius (PSDB/RS) e membros da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara Federal, o Resultado Primário do Governo Central finalizado no mês de abril de 2018.

A reunião aconteceu na sala da presidência da CFT. De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o governo central – que reúne Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central (BC) – teve déficit primário de 24,8 bilhões em março de 2018, contra déficit de R$ 11,2 bilhões em março de 2017. “Com a realidade fiscal do país, e especialmente a do meu estado do Rio Grande do Sul, a previsão é de imensas dificuldades a partir de 2019”, afirmou Yeda Crusius.

Comparando os valores acumulados de março de 2018 com o mesmo período de 2017, o déficit da Previdência aumentou de R$ 41,2,7 bilhões para R$ 49,1 bilhões (19,2%) a preços de março de 2018. “O orçamento público é dividido em várias partes, sendo a Previdência uma delas. Se não fosse deficitária, mais dinheiro do Tesouro seria direcionado para outras áreas prioritárias, como a segurança, saúde e a educação”, explicou a tucana.

Os técnicos e parlamentares ainda discutiram e analisaram a execução orçamentária da União, bem como o desempenho das transferências constitucionais dos Fundos de Participação dos Estados, DF e Municípios. “A redução impressionante nos juros com a menor taxa histórica conhecida no Brasil é uma janela de oportunidades para continuar as reformas que têm sido feitas durante os dois últimos anos”, enfatizou a parlamentar.

Texto: Izys Moreira – Assessoria de Imprensa
Data da Notícia: 16/05/2018

Clique AQUI e veja mais fotos da reunião.

Deixe um Comentário