PSDB-Mulher se reúne para definir estratégia de campanha das pré-candidaturas femininas

Crédito da foto: Denis William

A Coordenação Executiva do Secretariado Nacional da Mulher e as Coordenarias Regionais do segmento se reuniram nesta quarta-feira (27), em Brasília, para definir metas e estratégias de campanha das pré-candidatas tucanas. O encontro aconteceu um dia após a aprovação unânime da resolução interna que definiu os critérios para aplicação dos recursos financeiros e garantiu a destinação de 30% do Fundo Eleitoral para as mulheres, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PSDB foi o primeiro partido acatar a decisão da Corte.

A presidente do PSDB-Mulher, deputada Yeda Crusius (RS), abriu a reunião reforçando que a meta é dobrar as bancadas federal e estaduais nas próximas eleições. “Uma das razões desta reunião é saber quem serão as nossas pré-candidata e a partir daí planejar as táticas para alcançar o nosso objetivo maior, que é fazer o PSDB crescer com o PSDB-Mulher sendo a mola propulsora”, disse a deputada.

A presidente de honra do segmento, Solange Jurema (AL), reforçou que é preciso unir esforços para compilar todos os planos que já foram discutidos nos estados e formar uma “pauta única” para nortear o trabalho de todas.

“A gente não pode descansar não. Nessa luta de décadas percebemos que damos passo para a frente e outro para trás. Precisamos ficar atentas porque tem muita gente querendo impedir nossos avanços. Vamos investir nas nossas deputadas e provar que a questão dos recursos era sim uma barreira na nossa representatividade’, alertou.

Durante a reunião, foi discutida a proposta de se criar um núcleo central de campanha para as candidatas tucanas, que trabalharia em sintonia com a equipe do pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. A ideia seria colocar à disposição das candidatas duas bases com uma equipe completa de comunicação e marketing, uma em Brasília e outra em São Paulo, que atenderiam todas as principais demandas das tucanas: desde material fotográfico a vídeos para uso nas redes sociais, enxoval eleitoral e programas eleitorais.

Pré-candidatas

Também foi feito um levantamento estado a estado para se chegar a uma lista preliminar de pré-candidatas tucanas. Cada representante traçou o panorama de sua região e, por consenso, estabeleceram os critérios para a distribuição interna dos recursos do Fundo Eleitoral a que terão direito, que soma mais de R$ 55 milhões.

Na próxima semana, as coordenadoras regionais do PSDB-Mulher, sob a coordenação da presidente de honra do segmento, deverão ir à São Paulo apresentar as sugestões da tucanas para o programa de governo de Geraldo Alckmin.

Manual

Ao final da reunião, Yeda Crusius lançou o “Manual Voto Legal”, uma publicação idealizada pela deputada, pela assessora jurídica do PSDB-Mulher, Luciana Loureiro, e pela advogada Andrea Costa. O documento contém os principais pontos da legislação eleitoral e servirá de apoio para as tucanas antes, durante e depois das eleições. Na próxima semana, será disponibilizada uma versão online do manual para download no site do PSDB-Mulher.

Fonte: Da Assessoria do PSDB-Mulher Nacional
Data da Notícia: 27/06/2018

Clique AQUI e veja mais fotos da reunião.

Deixe um Comentário