PSDB-Mulher Nacional

PSDB-Mulher Nacional 2018-02-28T12:52:31+00:00

PSDB-Mulher se une à FHC em “Manifesto: Por um polo democrático e reformista”

O manifesto será lançado oficialmente na próxima terça-feira (5), às 16h, no cafezinho do Salão Verde da Câmara dos Deputados. A ideia do grupo é estimular uma aliança política suprapartidária para as eleições deste ano que possa afastar o Brasil de alternativas extremistas, seja de direita ou esquerda, a partir da unidade das forças de centro.

PSDB-Mulher apoia manifesto suprapartidário pelo cumprimento da decisão do TSE

O documento foi idealizado pelo Fórum de Mulheres de Instâncias de Partido, no qual o PSDB-Mulher faz parte desde sua criação, em 2006. Yeda Crusius assinou o manifesto como parlamentar e também como presidente do PSDB-Mulher representando todas as tucanas nesta reivindicação.

Yeda Crusius assina manifesto em favor da unidade das forças partidárias de centro

Trata-se de uma iniciativa para evitar a fragmentação dos partidos do “centro” na disputa presidencial de outubro, o que tem contribuído para o crescimentos da candidaturas extremistas da direita e esquerda.

Yeda Crusius e Solange Jurema elogiam a engajamento das tucanas em curso de capacitação no Pará

A presidente do PSDB-Mulher, deputada Yeda Crusius (RS), agradeceu a hospitalidade das mulheres do Pará que sediaram o “seminário “O papel da mulher na democracia: desafios e oportunidades nas eleições de 2018”, promovido pelo PSDB-Mulher em parceria com a Fundação Konrad Adenauer (KAS) e o Instituto Teotônio Vilela (ITV).

Capacitação promovida pelo PSDB-Mulher em Belém atrai mais de 60 tucanas do Norte e Centro-Oeste

Nem mesmo o caos aéreo que se instalou no país no quarto dia da greve dos caminhoneiros conseguiu atrapalhar o clima de entusiasmo das tucanas escolhidas para participar do curso de capacitação de pré-candidatas do Norte e Centro-Oeste.

“Lugar de mulher é na política” por Yeda Crusius

*Por Yeda Crusius Talvez a política seja hoje um dos últimos redutos que ainda resiste à força e ao protagonismo feminino. Não que as mulheres já tenham garantido igualdade em todas as demais áreas, mas a nossa presença, em todas elas, já foi garantida. Resta agora ampliar espaços e exigir um tratamento menos discriminatório. Afinal, se existem direitos, eles devem [...]