‘Manifesto: Por um polo democrático e reformista’ ganha novas adesões! Você vai ficar de fora?

Crédito da foto: George Gianni

A presidente do PSDB-Mulher, deputada federal Yeda Crusius (RS), está entre as lideranças que já assinaram o ‘Manifesto: Por um polo democrático e reformista’, que une representantes do PSDB, DEM, MDB e PTB em favor da unidade das forças de centro nas eleições deste ano.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o chanceler tucano Aloysio Nunes Ferreira, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) e o secretário-geral do PSDB, deputado Marcus Pestana (MG) foram os primeiros a assinarem o manifesto.

O texto do manifesto alerta que essa unidade dificilmente será garantida apenas por apenas um pequeno grupo líderes políticos e intelectuais, por isso precisa do engajamento de partidos políticos, lideranças da sociedade civil e de todos os que querem ver o Brasil fora do alcance de extremistas tanto de direita, quanto de esquerda.

O documento está disponível no site do PSDB-Mulher para as tucanas que quiserem aderir ao movimento por um país menos polarizado e mais harmônico nas próximas eleições. Para assinar, basta clicar aqui. Faça parte desse movimento por um Brasil melhor!

Em Brasília, já assinam o manifesto as seguintes lideranças políticas:

– Os cientistas políticos Luiz Werneck Vianna, Sérgio Fausto, Rubem Barboza, Marco Aurélio Nogueira e Bolívar Lamounier;

– O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann;

– O ex-ministro da Educação e deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE);

– O jurista e ex-ministro das Relações Exteriores Celso Lafer;

– O ex-governador de São Paulo e ex-ministro dos Transportes Alberto Goldman;

– As deputadas federais Yeda Crusius (PSDB-RS) e Cármen Zanotto (PPS-SC);

-Os deputados federais Heráclito Fortes (DEM-PI); Rubens Bueno (PPS-PR); Benito Gama (PTB-BA); José Carlos Aleluia (DEM-BA); Danilo Fortes (PSDB-CE); Rogério Marinho (PSDB-RN); Rogério Rosso (PSD-DF); Evandro Gussi (PV-SP); Marcos Montes (PSD-MG); Darcísio Perondi (MDB-RS); Eduardo Sciarra (PSD-PR); Vilmar Rocha (PSD-GO);

– O economista Sérgio Besserman;

– O engenheiro e humorista Marcelo Madureira;

– O tradutor e ensaísta Luis Sérgio Henriques

-O historiador Alberto Aggio

– O coordenador nacional do Movimento Alckmistas, Adriano Guimarães;

A maioria do grupo entende que o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin é, hoje, o nome com mais condições de liderar o bloco. O lançamento do manifesto está previsto para esta terça-feira (5) às 16h no cafezinho do Salão Verde do Congresso Nacional.

Fonte: Assessoria do PSDB-Mulher Nacional
Data da Notícia: 05/06/2018

Deixe um Comentário