Separata: 23 Anos do Plano Real – Jun/17

Separata: Plano Real e Instabilidade Política – 2017: Os 23 Anos do Plano Real – Junho/2017

Há 23 anos nascia o Plano Real, dando início ao período mais duradouro de estabilidade econômica do Brasil. Na época de sua implementação, em 1994, vivíamos uma situação política similar à de hoje. Apenas dois anos antes o país passara pelo trauma do impeachment do primeiro presidente eleito por voto direto após 20 anos de regime militar. De maneira parecida, hoje estamos a um ano de distância do impeachment de Dilma Rousseff, reeleita presidente em 2014 e afastada por processo legal em 2016. Uma grande diferença entre esses dois momentos críticos reside na dinâmica da inflação, que havia atingido inéditos 2.708,17% ao ano em 1993. Na direção contrária, neste mês de maio de 2017 acaba de se registrar uma taxa de inflação anualizada, medida pelo IPCA, de 3,60%.

A estabilidade dos preços se deve, no meu entender, ao respeito às leis da economia real, e às leis estruturadas a partir da nova Constituição, promulgada em 1988. O PT não assinou a nova Carta, assim como não aceitou participar do Governo Itamar e foi contra o Plano Real de 1994. Mas com Lula e sua Carta ao Povo Brasileiro de 2002 mudou, e respeitou o Real no seu primeiro mandato. A sua sucessora, Dilma, praticou uma política econômica que foi retirando os fundamentos do Plano Real, fazendo com que a inflação já chegasse aos 10% ao ano em 2014, ano de sua reeleição, em tendência ascendente rápida.

Collor e Dilma foram afastados pelas mesmas razões: pela crise econômica que geraram com suas políticas, e pela corrupção, percebida pela população que foi em massa às ruas dizer “basta”. Ambos sofreram o processo de impeachment dentro das regras constitucionais, ambos foram fortemente pressionados pelas manifestações de rua.

É com o objetivo de analisar as similaridades presentes nos dois períodos, de discutir o papel que o PSDB é chamado a desempenhar nas duas crises, bem como de mostrar quando se dá o nascimento do Real que apresento esta separata. Compartilho com você, leitor, a gestação do mais criativo e bem-sucedido plano econômico já executado no Brasil. Os últimos governos foram injustos para com esse projeto, da mesma maneira como o foram com a História recente do país. É hora de repor a verdade e decidi contá-la, pois nos seus vários momentos eu estava lá.

* Por Yeda Crusius

Clique abaixo para folhear a revista digital e/ou faça o download da publicação. O arquivo pode demorar alguns segundos enquanto o PDF é carregado. Aguarde!

2017-12-22T14:34:15+00:00 10 de dezembro de 2017|

Deixe um Comentário